Blog

Como aumentar a produtividade da equipe na obra?

abril 11, 2024

Sem categoria

WGB Engenharia

Uma eficiente gestão de recursos humanos é um dos principais fatores que contribuem para o sucesso de um empreendimento. Os trabalhadores desempenham um papel fundamental na concretização de todo o conceito e métricas de uma obra. Estimular a produtividade da equipe é essencial para assegurar que o projeto seja concluído dentro do prazo e com a qualidade esperada pelo cliente.

No contexto dos engenheiros e supervisores de obras, é de extrema importância saber como gerenciar suas equipes a fim de obter resultados positivos no empreendimento e aumentar a produtividade do grupo de trabalho.

É relevante destacar que uma boa produtividade não se limita a produzir mais em menos tempo. Envolve também a redução do consumo de recursos, diminuição de custos, otimização do uso de equipamentos e máquinas, prevenção de retrabalho, entre outros aspectos. Na prática, trata-se de cumprir tanto o cronograma quanto o orçamento, garantindo a entrega de qualidade.

Vamos listar algumas dicas que podem ajudar nesta questão.

Realize um planejamento adequado

Uma gestão desorganizada pode ser a principal causa de baixa produtividade na indústria da construção. Portanto, se você deseja garantir o máximo aproveitamento dos recursos e evitar desperdícios, é crucial ter um planejamento adequado.Isso permitirá que a obra seja executada de forma sistemática, dando prioridade aos processos importantes, controlando os prazos e organizando o canteiro de obras para melhor fluidez do trabalho.

Planejar não se resume apenas a criar um cronograma de atividades. É fundamental estabelecer uma troca de informações eficiente entre gestores, mestres de obras e operários para garantir um desempenho produtivo, evitando atrasos e identificando falhas e problemas de forma ágil.

Com um planejamento eficiente, os profissionais podem antecipar as fases da obra que podem apresentar imprevistos. Isso permite ter mais tempo para tomar decisões e resolver problemas antes mesmo que eles ocorram. Isso aumenta a produtividade dos trabalhos, reduz os riscos de retrabalho e evita que a obra seja concluída de forma inconsistente com o projeto original ou com baixa qualidade.

Melhore a comunicação para um melhor desempenho

Indiscutivelmente, a falta de comunicação é um dos maiores problemas em qualquer negócio, especialmente aqueles que dependem da harmonia entre equipes, como é o caso da indústria da construção.

A ausência de diálogo entre as equipes de construção pode resultar em diversos problemas na execução das atividades, causando atrasos nas entregas e até mesmo a interrupção da obra. Além disso, acidentes de trabalho e conflitos interpessoais podem se tornar frequentes devido à falta de comunicação. Por essas razões, é fundamental facilitar a troca de informações entre as equipes.

Além disso, comunicar as especificações da obra, alterações nas diretrizes ou novas orientações técnicas são ações essenciais para garantir que a construção seja entregue de acordo com o projeto e as necessidades do cliente.

Atualmente, existem diversas ferramentas disponíveis para aprimorar a comunicação no canteiro de obras e também fora dele, como aplicativos especializados em monitoramento e comunicação por meio de dispositivos móveis. Isso possibilita realizar solicitações de manutenção corretiva, abrir novas ordens de serviço e realizar medições das obras, por exemplo.

Selecionando profissionais qualificados

Apesar da importância da industrialização e tecnologia para aprimorar a produtividade na construção civil, nada pode substituir a contratação de profissionais qualificados para o setor. Um bom profissional deve possuir conhecimentos teóricos sólidos sobre aspectos de administração e construção, além de experiência prática na área.

Esses conhecimentos podem ser adquiridos de diversas maneiras, como por meio de cursos e aprendizado autodidata. Já a experiência é conquistada por meio do trabalho contínuo em canteiros de obras.

Uma estratégia interessante é combinar profissionais experientes com aqueles que possuem menos experiência, o que contribui para elevar a qualidade da mão de obra a médio e longo prazo.

Investindo em equipamentos de qualidade

Além da contratação de profissionais qualificados, é essencial investir em equipamentos de qualidade. Isso se aplica tanto ao setor de gerenciamento quanto à execução da obra. No ambiente de escritório, é importante contar com computadores confiáveis, sistemas de ar condicionado eficientes, cadeiras ergonomicamente adequadas e bebedouros de qualidade.

No canteiro de obras, os equipamentos necessários podem variar de acordo com as particularidades de cada projeto. Dentre os equipamentos mais comuns, destacam-se o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como capacetes e luvas de segurança, bem como betoneiras, carrinhos de mão para transporte de materiais, pincéis para pintura, entre outros.

Investir em equipamentos de alta qualidade não apenas contribui para a segurança e eficiência do trabalho, mas também aumenta a produtividade e a qualidade dos resultados finais. Portanto, é fundamental priorizar a aquisição de equipamentos confiáveis e duráveis, que atendam às necessidades específicas de cada etapa da construção.

Avaliando a produtividade de forma quantitativa

Sem métricas, não é possível gerenciar aquilo que não é mensurado. Portanto, para uma gestão eficaz da produtividade, é essencial realizar sua mensuração. Mas como medir a produtividade? Isso pode ser feito através do cálculo do índice de produtividade na construção.

Mas afinal, como calcular o índice de produtividade na construção civil? Existem diversas fórmulas que devem ser conhecidas. Para mensurar a produtividade individual, utilize a seguinte fórmula:

Quantidade de serviço ÷ Tempo x número de colaboradores.

Já para avaliar a produtividade por equipe, utilize a seguinte fórmula:

Quantidade de serviço ÷ Tempo.

Através desses cálculos, é possível obter indicadores numéricos que refletem o desempenho e eficiência da mão de obra na realização das tarefas.

Essas métricas auxiliam na identificação de oportunidades de melhoria, na otimização dos processos e no monitoramento contínuo do desempenho da equipe, contribuindo para o alcance de metas e resultados satisfatórios na construção civil.

Qualifique sua equipe

A qualificação é um fator determinante para a produtividade. Quando os gestores capacitam seus profissionais de acordo com suas funções, estimulam o interesse e aumentam a eficiência (o que resulta em maior produtividade).

Além disso, a qualificação adequada reduz erros e retrabalhos durante a obra, diminui custos e acelera o prazo de entrega, graças à execução precisa das atividades e à alta qualidade dos trabalhos.

Portanto, é essencial fortalecer a qualificação da mão de obra por meio de treinamentos e capacitações, garantindo que todos saibam como agir em cada situação.

Uma opção para sua empresa é contratar uma escola especializada para fornecer esse treinamento, o que pode contribuir para redução de custos.

Atribua metas e responsabilidades aos colaboradores

Estabelecer metas é fundamental em qualquer trabalho, pois ajuda os funcionários a compreenderem o processo em que estão envolvidos e a criar objetivos desafiadores para orientar suas ações. Além disso, ajuda a definir claramente as responsabilidades de cada um na obra, garantindo que todos saibam o que se espera deles.

Com metas bem definidas, os colaboradores sentem-se mais focados e engajados, o que tem um impacto direto na produtividade. Na gestão da mão de obra, é recomendado estabelecer metas que estimulem os funcionários a saírem da zona de conforto, mas que sejam alcançáveis de forma realista.

Ao definir essas metas, é interessante promover uma variedade de tarefas, evitando que a ausência de um colaborador afete o desempenho geral, pois outros podem assumir suas funções.

Além disso, ao estabelecer metas, é recomendado criar um programa de incentivos e recompensas para aqueles que alcançarem os objetivos estipulados. Isso também contribui para o aumento da produtividade.

Ao atribuir metas claras e proporcionar incentivos, você motiva sua equipe a se esforçar e alcançar um alto desempenho, resultando em uma maior produtividade e no alcance dos objetivos da obra.

A tecnologia como aliada

A tecnologia desempenha um papel fundamental no ambiente corporativo e se tornou uma ferramenta essencial na busca pelo aumento da produtividade. Dispositivos móveis e softwares de gestão de obras estão cada vez mais presentes em empresas que buscam alcançar a máxima eficiência. O acesso rápido e fácil aos dados fornecido por esses softwares proporciona uma visão abrangente das obras e facilita a tomada de decisões.

É interessante considerar soluções tecnológicas que incluam um sistema de apontamento. O apontamento é uma ferramenta essencial na obra, oferecendo diversos benefícios, incluindo a análise da produtividade. Com um registro preciso do trabalho realizado, é possível mensurar a eficiência da mão de obra, o uso dos equipamentos e a produção individual de cada colaborador ao final do dia.

Essas informações são valiosas quando se trata de produtividade, pois a falta de indicadores ou dados imprecisos torna difícil identificar onde ocorrem as perdas de produtividade. Isso pode resultar em custos inesperados e outras surpresas durante a obra.

Os desafios de ser produtivo

Sabemos que gerir uma obra é um grande desafio, pois envolve fatores que fogem ao nosso controle. Estar preparado para as adversidades da construção é necessário nos dias de hoje, pois os prazos são apertados e os custos tendem a aumentar conforme atrasos se acumulam.

Conte com a WGB Engenharia para definir métodos construtivos, utilizando da vasta experiência no canteiro de obras, sempre apresentando projetos que superam as expectativas.