Blog

Utilização de impressoras 3D para a produção de materiais em obras civis

abril 13, 2024

Sem categoria

WGB Engenharia

A utilização de impressoras 3D na produção de materiais em obras civis tem se tornado cada vez mais comum e, também, prática. Graças a esse tipo de tecnologia, é possível alcançar uma maior economia na produção de projetos, além de garantir a segurança dos envolvidos na execução da obra.

Para conhecer um pouco mais sobre esse tipo de equipamento, leia este artigo até o final e entenda a sua relevância para as obras civis.

O que é a impressão 3D?

A impressão 3D nada mais é do que um processo utilizado para a criação de objetos físicos tridimensionais, fazendo-os camada por camada, onde o seu ponto de partida é uma projeção digital previamente realizada do mesmo objeto que deseja ser construído. Sendo assim, pode ser considerada um projeto digital e físico.

A impressão irá acontecer por meio de depósitos de várias camadas de um material em específico, utilizando uma base previamente criada. São várias as maneiras de realizar essa impressão, mas todas levarão em consideração os mesmos princípios: a manipulação de objetos em sua forma digital e sua capacidade de compor formas por meio da adição de materiais.

O que a impressora 3D pode produzir?

Uma impressora 3D pode produzir dezenas de materiais como, por exemplo:

  • Implantes de membros;
  • Próteses;
  • Criação de peças de roupas;
  • Maquetes realistas;
  • Esculturas de alimentos;
  • Modelos topográficos;
  • Materiais para construção civil;
  • Reprodução de animais.

Histórico da impressão 3D

A impressão 3D começou a ser utilizada a partir da década de 1980, onde havia a necessidade de utilizar uma ótica de prototipagem rápida, visando fazer uma produção mais rápida de produtos que se enquadrar na escala industrial. No entanto, a sua popularização só aconteceu no ano de 2009, quando estava disponível comercialmente.

Como a impressão 3D é utilizada na construção civil?

Dentro da construção civil, a impressão 3D tem alguns principais objetivos, como a concepção de maquetes, onde sua função é auxiliar na visualização do empreendimento como um todo, facilitando o trabalho dos arquitetos, engenheiros e qualquer outro profissional envolvido no projeto.

Além disso, ela também é útil nos seguintes processos:

  • Concrete printing;
  • Contour crafting;
  • D-Shape.

Cases de sucesso

Dentre os principais cases de sucesso, é possível mencionar:

  • China: 10 casas foram construídas a partir de uma impressora 3D, sendo necessárias apenas 24 horas para a finalização do projeto como um todo;
  • Rússia: na Rússia, uma casa foi construída inteiramente por meio da impressão 3D, levando 24 horas para imprimir a residência por inteiro com uma simples mistura de concreto. São 37 metros quadrados e poderá durar 175 anos;
  • Espanha: no país, uma ponte para pedestres foi construída com uma impressora 3D, sendo inaugurada no ano de 2016, com 12 metros de comprimento e 2 metros de largura.

Benefícios da impressão 3D na construção civil

No ramo da construção civil, os benefícios da impressão 3D são:

  • Redução de desperdícios, levando em consideração a precisão do uso de materiais ao longo da obra;
  • Redução de mão de obra graças à automatização do trabalho a ser realizado;
  • Desenvolvimento de estruturas com um design mais inovador e facilmente elaborado pelo projetista;
  • Redução no período de construção, assim como foi mencionado nos cases de sucesso acima.

Qual o cenário atual do uso da impressora 3D na construção civil?

Tomando como base uma escala global, é possível dizer que a impressora 3D, dentro da construção civil, possui um papel extremamente importante. Há muitos casos onde as impressoras 3D acabaram ajudando a preencher e fazer a restauração de fissuras dentro de rodovias. Sendo assim, ela é necessária para pequenos e grandes reparos.

Qual será o futuro da impressão 3D?

Assim como a maior parte dos meios tecnológicos, a impressão 3D possui um futuro brilhante pela frente. Graças à evolução da tecnologia, e também aos recursos que estão para chegar no mercado, é válido dizer que a construção civil poderá ser ainda mais contemplada pelo uso dessas máquinas impressoras.

É previsto que a impressão 3D se estenda do protótipo para a produção, que ela seja utilizada para padronizar e digitalizar a cadeia de suprimentos e, também, aja diretamente na construção de um futuro mais sustentável, especialmente pela amplitude dos materiais utilizados no processo de criação.

A impressão 3D é o futuro da construção civil, especialmente se tomarmos como base os cases de sucesso. Sendo assim, as empresas que decidirem investir nesse aparato tecnológico poderão se colocar à frente no mercado.